GLOSSÁRIO

Determinismo biológico / essencialismo – acreditar na/no  teoria queer / sexo do cérebro / gênero é inata. Pensar que  sexo biológico dota um indivíduo com características específicas. É nocivo para as mulheres, portanto, anti-feminista.
Sexo do cérebro  –  uma coleção de teorias hipotéticas sem qualquer prova ou credibilidade. Promovido por pessoas que ou:  a) não fazem ciência ou b) têm interesse que seja aceito como verdade.
Calling out** – sendo um completo idiota que não consegue  ter uma conversa sem afirmar a sua  autopercepção de superioridade, diferentemente da maioria dos seres humanos normais.
“Cis / Cisgenênero / Cissexismo / Cisprivilegio” – palavras criadas para minar a experiência de opressão,  compartilhada pelas mulheres. São nocivos às mulheres, portanto, anti-feministas.
Feminino – categorização do sexo biológico. Normalmente têm cromossomos XX e um útero. Nunca tem um  pênis.
Feminismo – movimento político que luta para libertar as mulheres da opressão.
Gênero – uma hierarquia de comportamentos, papéis e traços criados pelos homens para oprimir as mulheres. Foi implementado de forma tão convincente pelo patriarcado que muitas pessoas acreditam que é, na verdade, inato.
Identidade de gênero –  prega que as pessoas internalizam estereótipos. Nocivo para mulheres, portanto, anti-feminista.
Homofobia – discriminação, violência, ódio, medo de pessoas por causa de sua sexualidade. Inclui pregar que lésbicas devem dormir com homens.
Interseccionalidade – reconhecer que as pessoas têm experiências individuais com base nas  opressões que se interceptam e que elas enfrentam. Não é um conceito complicado. Inventado e defendido por feministas radicais que priorizam ouvir as vozes das mulheres. Não é uma palavra código para inclusão de homens dentro do feminismo.
Intersex – uma pequena percentagem de pessoas que não se encaixam perfeitamente nas categorias de masculino e feminino, embora a grande maioria são facilmente identificados como homem ou mulher por observação. Ambigüidade verdadeira é extremamente rara. Nunca deve ser confundido com trans * – este é sobre a biologia.
Masculino – categorização do sexo biológico, geralmente têm cromossomos XY e um pênis. Nunca pode engravidar.
Homem  – um adulto macho humano
Misandria – uma palavra inventada.
Misoginia – ódio, desconfiança ou depreciação em relação às mulheres. Inclui discriminação, preconceito, violência e objetificação sexual.
Opressão – a subordinação sistemática e institucionalizada de um grupo de pessoas por aqueles que detem o poder. Inclui, mas não está limitado a, o preconceito e a discriminação.
Teoria Queer – um conjunto de teorias (incluindo a trans) que servem  ao patriarcado, ratificando a hierarquia de gênero como uma realidade. Geralmente baseado em sentimentos  individuais em vez da realidade material. Muito prejudicial para as mulheres.
Sexo  –  fato biológico. Os seres humanos são dimórficos, fêmeas e machos (e intersex pequena porcentagem).
Sexismo – discriminação e preconceito em relação às mulheres.
Sexo-positivo – não significa que você acha que a pessoa  faz. Um termo patriarcal que significa a celebração da indústria do sexo e da exploração de mulheres. Sexo-negativo é por vezes usado para descrever aquelas mulheres que gostam de vidas sexuais saudáveis e divertidas e querem acabar com a opressão feminina.
Terf (feministas radicais trans-exclusionárias) – um termo de abuso cunhado para insultar, alijar, desacreditar, marginalizar, silênciar e excluir as mulheres que não compactuam com as teorias queer/trans  patriarcais dominantes. Apenas usado por misóginos.
Transhomens  
– mulheres que gostariam de ser vistos como homens.
Transmisoginia – misoginia
Transfobia – a discriminação e o preconceito enfrentado por pessoas que se identificam como trans *. Não é  equivalente à opressão. Não inclui questionamentos sobre a  teoria queer/ trans,  da mesma forma  que discutir se a sexualidade é inata ou não, não é homofóbico. Também não inclui fazer referencia a um  fato biológico. Geralmente uma manifestação de homofobia e/ou misoginia.
Transmulheres  – homens que desejam ser percebido como mulheres.
Mulher – uma fêmea adulta humana.
** Calling out:  Tradução “pedindo pra sair”. Calling out pode ser um desafio, uma demanda contra alguém. Eu não encontrei uma palavra em português que defina mais precisamente o termo.

Tradução Arttêmia Arktos

Aqui

Textos relacionados:

Por que feminismo radical?

Uma Crí­tica Feminista ao “cisgenero’

Eu não sou cis (nem você)

Female privilege does not exist. Male privilege does.

The Fallacy of “cis” privileged

To men who call themselves “cis”

Uma crítica feminista ao “cisgênero” Elizabeth Hungerford

Falando sobre gênero

Tradução Uma Conversa Sobre a Questão Trans 

A desconstrução enquanto destruição das mulheres

Traduçõess Feministas Radicais: TERF e SWERF não são sanduíches novos do Subway

Você pode me chamar de TERF, mas eu não sou transfóbica

Ser mulher não é simplesmente “calçar nossos sapatos”

“Cisgênero”? Quem tem a ganhar com isso?

“Performatividade de gênero é culpar as vítimas

A visão da mulher negra no feminismo

Carta aberta a Mayra

Comentários desativados.

%d blogueiros gostam disto: